Tipos de Movimentos

“No aspecto técnico, tenho criado uma ampla variedade de técnicas que podem se utilizar em quase todas as situações…a adesão a estes princípios básicos é o que faz do Taekwon-Do uma arte marcial, uma arte estética, uma ciência e um esporte.”

Choi Hong Hi

 

OS DIFERENTES TIPOS DE MOVIMENTOS NO TAEKWON-DO ITF

 

O Movimento Ondulatório

O TaeKwon-Do estilo ITF, é a única disciplina marcial que utiliza este movimento . A ondulação, que se consegue aplicando uma correta flexão dos joelhos, está presente em praticamente todos os movimentos. Com esta ondulação o praticante consegue que o centro de gravidade de seu corpo forme uma onda sinusoidal. Com ele conseguimos obter um incremento considerável da potência, como conseqüência do ganho da altura e da velocidade.

Para aplicá-lo corretamente precisamos relaxar os braços e as pernas mantendo-os levemente flexionados. A seqüência do movimento da massa é baixa-sobe-baixa, tal qual vemos na figura. A flexão dos joelhos é o que permite que o corpo execute essa seqüência, e assim aproveitar no final do movimento, o impulso e a velocidade ganhos pela força da gravidade, aumentando de essa forma nossa massa e, por conseguinte, maior peso corporal sobre o movimento em execução.

 

Em algumas ocasiones não se produz esta seqüência completa (baixa-sobe-baixa) da onda como nos movimentos rápidos ou nos conectados, os quais vamos analizar por separado.

Classificação dos movimentos

 

Durante a execução das Formas (Tuls) assim como nas técnicas básicas, existem diferentes modos de realizar os movimentos.

Alguns deles são:

Movimento Normal 

Movimento Continuo

Movimento Rápido

Movimento Conectado

Movimento Lento

 

Estes movimentos vão se incorporando gradual e progressivamente a medida que o estudante avança no seu treinamento

 

- Movimento Normal

O estudante aprende a velocidade normal dos movimentos e sua seqüência. Cada movimento se desenvolve a velocidade normal, com uma ondulação completa (baixa-sobe-baixa) e uma exalação.

Está presente em todos os movimentos das cruzes iniciais (Saju Jirugi e Saju Makgi) e no Chon-Ji Tul.

 

- Movimento Continuo

Se introduz em Dan-Gun (movimentos 13 e 14). Aqui dois movimentos são executados consecutivamente com duas ondulações, realizando uma inspiração e duas exalações. Quando se desenvolvem mais que dois movimentos em modo continuo deve-se executar só meia onda (acima – embaixo). Isto acontece por exemplo no Po-Eum Tul, nos movimentos 6 a 12, e 24 a 30, ou em Yoo- Sin nos movimentos 16 a 19.

 

- Movimento Rápido

Se introduz em Do-San (movimentos 15-16 e 19-20). São dois movimentos executados consecutivamente em velocidade rápida. Tem duas ondulações não completas, já que o segundo movimento é somente subir e baixar, e duas exalações.

Quando se realizam dois golpes de punho em modo rápido a perna de trás deve estar completamente extendida para realizar o segundo golpe.

 

- Movimento Conectado

É introduzido em Yul-Gok Tul, nos movimentos 16-17 e 19-20. Os dois movimentos se executam em uma só ondulação e com uma respiração. O primeiro movimento é executado na posição “acima” da onda, e o segundo na posição “embaixo”.

 

- Movimento Lento

É introduzido em Joong-Gun, nos movimentos 27,29 e 30, completando assim os cinco principais tipos de movimentos. Este é um movimento executado lentamente com uma ondulação e sem que se escute a respiração. Este tipo de movimento é muito útil para melhorar o controle e o balanço.

Outro tipo de movimento é o deslizamento, como o movimento 25 de Hwa Rang.